• Valdemar Vieira Dias

Como estão hoje todas as pessoas do mundo com o COVID-19?

Atualizado: Mai 16


COVID-19 | Isolamento Social | Lave as mãos

Hoje estamos todos aterrorizados com o COVID-19. Muita informação positiva/verdadeira, sobre a doença, e ao mesmo tempo muita informação negativa/falsa.


MUITA MANIPULAÇÃO! Todo mundo quer poder informar. Mas a verdade é que existe uma grande corrente para que esta informação transmita o terror/medo nas pessoas.


Com todo o mundo em casa a Internet é o instrumento mais utilizado. Particulares e/ou empresas (falar com família e amigos, tele trabalho, pesquisa e compra de produtos e serviços, brincadeiras ou passatempos, estudar, etc., etc.). E nesta altura é importante termos a coragem de procurar por informações verdadeiras sobre o que é ou não é o "famoso" CORONAVÍRUS.


Napoleon Hill no seu livro Quem Pensa Enriquece fala sobre os 6 medos básicos que as pessoas podem ter.


"Em algum momento da vida TODO O SER HUMANO é atacado pelos 6 medos básicos. Seja por um deles de cada vez ou por uma combinação de alguns e às vezes por todos ao mesmo tempo." Disse.


"Eis a lista dos 6 medos básicos: 1. Medo da pobreza; 2. Medo de críticas; 3. Medo da doença; 4. Medo de perder o amor de alguém; 5. Medo da velhice e 6. Medo da morte. Todos os outros medos são de menor importância e podem ser encaixados nestes seis."


"A ocorrência destes medos obedecem a ciclos. Ou seja, de tempo em tempo eles acontecem como se fossem uma maldição lançada sobre o mundo. Em tempo de crise económica prevalece o medo da pobreza. Em tempo da guerra o da morte e depois da guerra o da doença."


Neste momento o mundo vive os 3 medos: o da pobreza (pelo pouco, ou nenhum, dinheiro que as pessoas têm para comprar os mantimentos), o da doença (de contrair) e o da morte (de fome ou da doença).


Os Medias mundial que produzem as informações negativas sabem que as pessoas sentem estes 3 medos, logo promovem/manipulam.


Basta vermos por exemplo nas redes sociais que integramos, posts e mais posts, contradições e mais contradições, "bilos e mais bilos", etc. etc. Ou seja o que acontece é que cada um de nós emite a sua opinião de acordo com o medo que sente e espera que o outros aceitem ou entendam. Isto ocorre pela ausência de informação verdadeira sobre a doença afastando as possíveis soluções.


Napoleon Hill, ainda no livro, disse o seguinte: " Absolutamente tudo começa no pensamento. Todo o ser humano tem a capacidade total de controle da própria mente e com isso pode deixar-la aberta a impulsos de pensamentos negativos emitidos por outras mentes (Medias) ou fechar bem as portas admitindo apenas impulsos de pensamentos desejáveis."

Ou seja nós é que decidimos que tipo de conteúdo consumir. Ao invés de ficar a ver na televisão/facebook que morreram mais X pessoas, que mais Y foram infectadas, telenovelas ou outros conteúdos... porque não ler um livro? Porque não fazer mais uma capacitação/formação? Porque não aperfeiçoar o meu nível de inglês ou francês? Até porque tenho tempo...


Quantas pessoas morrem de malária em Angola? Quantas pessoas morrem de problemas cardiovasculares? Quantas pessoas morrem de fome? Acredito que sejam números bem mais assustadores. Mas infelizmente os Medias não anunciam.


Penso que depois desta pandemia passar (não sei quando e espero que seja breve) o mundo já não mais será o mesmo. Devemos estar preparados para este novo mundo que virá (nova população, nova economia, nova sociedade,...).


Para tal sugiro, nesta altura em casa, que cuide se si, dos seus, da sua mente, mude o foco e prepare-se para o futuro.


O melhor caminho para o FUTURO é o CONHECIMENTO. ESTUDE BASTANTE!

0 visualização

Valdemar Vieira Dias

Profissional de Marketing e Comunicação

Corporativa, Empreendedor Digital, Colunista e  Eng.º Informático.

(+244) 912 059 361 / 934 458 692

eu@valdemarvieiradias.com

Luanda, Angola

  • LinkedIn Clean Grey
  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey

Siga-me:

© 2019-2020  By Valdemar Vieira Dias