• Valdemar Vieira Dias

Como facturar algumas “coroas” na época festiva?


Empreendedorismo | Época Festiva

Parece mentira mas é a pura verdade, mais um ano se vai embora. Conseguiu realizar ou concretizar todos os seus planos em 2019? Fez muitas vendas? Espero bem que tenha conseguido e se não ainda poderá fazer algumas “coroas” nesta quadra festiva.


Há uns anos atrás eu e os “kambas” da banda ficávamos muito “excitados” quando chegasse essa época. Era a correria na compra dos presentes para os familiares, amigos e namorada (em especial) no Nzinga Mbande (de fronte a escola), aonde muitas mulheres (mães e filhas) já empreendiam vendendo ursos, perfumes, flores, peças decorativas para casa dentre outros produtos da época. Nesta altura, nós os “kambas”, denominamos a época como ”Déze” (Dezembro).


O final de ano para além de ser um momento de reunir familiares e amigos é uma época que cria boas oportunidades para empreender. O pagamento do subsídio de natal (o famoso 13º) vem aumentar significativamente o volume de capital no mercado e consequentemente estimular as pessoas ao consumo.


Certamente que esta empreitada poderá trazer ganhos ou prejuízos. Mas penso que vale a pena sempre tentar. Deste modo, me proponho neste artigo partilhar consigo algumas dicas e ideias que lhe poderão ajudar caso pretenda facturar neste “Déze”.


Dicas para empreender neste final de ano


Escolha uma área que conheça

É importante escolher uma área que já tenha conhecimento e experiência para que possa diminuir os riscos de todos os seus esforços serem em vão e aumentar as chances de sucesso.


Faça um negócio que irá resolver um problema

Um produto ou serviço criado para solucionar um problema do consumidor tem muito mais chances de ser bem-sucedido. Não importa a dimensão do problema. Por isso, descubra os problemas do seu público-alvo nesta época e aproveite a oportunidade.


Faça um pequeno planeamento

Apesar de ser por um período curto é importante fazer um pequeno plano e garantir que tudo corra bem. De acordo com o produto ou serviço que irá vender faça um levantamento por exemplo sobre as preferências do seu público-alvo, que custos de produção terá (matéria-prima, mão de obra, etc.), estabeleça um preço, veja que lucro terá e trace uma boa estratégia de venda.


Divulgue o seu negócio

Diz-se que “o que não é divulgado não é conhecido”. Faça com que as pessoas saibam que está a vender alguma coisa. Aproveite a internet e as redes sociais para atingir um maior número de pessoas que provavelmente não conseguiria de outra forma em pouco tempo.

Use ainda o tradicional e funcional “boca a boca”. No trabalho, no bairro e em todos os sítios que frequenta. Aqui poderá surgir a seguinte pergunta: Devo informar todo mundo ou apenas aos meus potenciais clientes? O certo seria aos potenciais clientes. Entretanto, por mais que estes não o sejam podem sempre conhecer pessoas que precisam do que está a vender.


Dê continuidade ao negócio

As épocas natalícias poderão ser o início do seu empreendedorismo por isso venda produtos e serviços de qualidade, satisfaça os seus clientes e garanta que no próximo final de ano o faça novamente ou quem sabe noutras datas comemorativas.



Ideais para empreender neste final de ano


Decoração temática

Árvores, enfeites e jogos de luzes em casa, nas ruas, bem como em zonas comercias são os primeiros indicadores da quadra festiva e uma óptima oportunidade para empreender. Use a sua imaginação e criatividade e faça boas decorações temáticas.


Presentes artesanais

Com o tradicional amigo o culto a troca de presentes é cada vez mais frequente nesta época. Por isso, aproveite a oportunidade e empreenda como artesão neste fim de ano.


Ceias de natal e ano novo

É cada vez mais difícil para muitas famílias organizar as tradicionais ceias de natal e ano novo por conta do corre-corre que a época impõe. Por esta razão, criar cardápios dos principais pratos dos dois momentos pode ser uma boa opção para lucrar em “Déze”. Para garantir muitos pedidos e conquistar as famílias pode personalizar as ceias com pratos típicos, com entrada, prato principal, guarnições e sobremesa.


Cestas para presente

O nosso famoso “cabaz”! Também é uma boa oportunidade de facturar e sem muitas habilidades. Basta comprar os produtos, compor a cesta e decora-la para que fique bem chique. Esta ideia poderá evoluir para cestas de matabicho, aniversário, dentre outras data comemorativas.


Roupas e acessórios

Nesta altura este mercado factura bastante. A tradicional roupa branca, essencialmente, para a passagem de ano é a mais procurada. Lembro-me de uma passagem de ano que me esfolei para comprar uma calça e uma camisa brancas. Foi um 31! Por isso, empreenda neste negócio que poderá ser uma boa alternativa para esta quadra festiva.


Bazar

Nos últimos tempos tenho visto muitas iniciativas destas e cada vez mais. Pessoas que têm roupas, acessórios, bijuterias, dentre outros produtos que não tenham usado ou usado muito pouco e querem se desfazer em troca de algum dinheirinho. Pode criar um espaço físico ou virtual para vender estes produtos.



Em resumo são apenas algumas sugestões que lhe trago para aumentar à sua lista e “bombar” nesta quadra festiva ou noutras datas comemorativas. O importante é fazer alguma coisa que goste e com dedicação rumo ao sucesso.

50 visualizações

Valdemar Vieira Dias

Profissional de Marketing e Comunicação

Corporativa, Empreendedor Digital, Colunista e  Eng.º Informático.

(+244) 912 059 361 / 934 458 692

eu@valdemarvieiradias.com

Luanda, Angola

  • LinkedIn Clean Grey
  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey

Siga-me:

© 2019-2020  By Valdemar Vieira Dias